logomarca

Pedido de Oração

Downloads

Boletins

Acompanhe-nos

Visitantes


Você é o visitante número 3675 .

 


Evangelismo - Março 2014

imprimir tamanho da letra: A- normal A+

Conquistar multidões para Jesus

 

“Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos.” Mt 28.19-20

 

1ª semana – O discípulo e a essência de Jesus (Lc 8.42) Uma das características do ministério de Jesus é atrair multidões. Pessoas vinham de todas as partes para ouvir seus conselhos, aprender a respeito do Reino dos Céus e, pelo prazer da companhia do Mestre. Hoje, essa essência está nos cristãos que têm a responsabilidade de fazerem discípulos, não para si, mas para o Salvador. É perceptível na vida do verdadeiro cristão, a necessidade de divulgar a obra de Jesus por meio do testemunho, do cuidado e da adoração a Deus. Todo ministério semelhante a Cristo atrai multidões. Carregue dentro de si a presença de Jesus e, desenvolva comunhão com o Espírito Santo. Assim, quando as pessoas que ainda não conhecem a Deus, estiverem com você, estarão perto de Deus.

 

2ª semana – Como cumprir a missão (Mt 28.19) Depois da adoração, o propósito de Deus para com o homem é fazer deste, seu mensageiro na terra. Quando o cristão não evangeliza, o desânimo e as incertezas o acompanham e, dessa forma, tornam-se infelizes. Mas como cumprir a missão? Amando as pessoas (Mt 9.36), indo ao encontro das necessidades delas (Mt 15.30) e, ensinando-as em amor (Mt 13.34). Falar a cerca do Reino de Deus deve ser natural para o cristão que cumpre o “Ide”. Isto deve ser feito de maneira prática, sem sermões que subjugam o discípulo, mas demonstrando o valor que as pessoas têm. Ouvir com atenção, acolher sempre e amar incondicionalmente são a melhor forma de evangelizar.

 

3ª semana – A prática do amor – (1 Jo 4.8) É impossível falar de evangelismo, viver sob a graça e adorar ao Senhor se não amarmos uns aos outros. As maiores necessidades do ser humano são atenção e cuidado, os quais devem ser encontrados na igreja e ministrados com a revelação do amor de Deus, por intermédio de seus discípulos. Jesus não fazia acepção de pessoas, era conhecido como amigo de publicanos e pecadores (Lc 7.34) e, seus seguidores sentiam o quanto o Mestre gostava de estar com eles. A Igreja precisa amar os descrentes, ter paixão pelos perdidos e conhecer suas necessidades. Fora do corpo de Cristo, há preconceito e rejeição, os quais fazem adoecer a alma. Portanto, a igreja deve fazer a diferença, ser lugar de bálsamo e refrigério. Você é a Igreja.

 

4ª semana – Construa pontes – (2 Co 5.18) Jesus é a ponte que levou o homem de volta a Deus. Hoje, você é a ponte que leva as pessoas a Jesus. Quando o cristão vive para obedecer à grande comissão (Ide), faz de cada momento uma oportunidade de entronizar Cristo no coração dos amigos, familiares, colegas, etc. Deus cuida dos seus filhos e faz com que vivam um milagre a cada dia: provisão, livramento, consolo e muitos outros. Por isso, devemos explicar a razão da nossa fé (1 Pe 3.15) e contar as maravilhas que Deus faz. Quem não gostaria de frequentar um lugar onde pessoas são transformadas? Portanto, testemunhe a respeito de sua fé, igreja e principalmente do seu Senhor. Quando você conheceu a Cristo, Ele o capacitou a falar a respeito de Sua obra. Evangelize com seus dons. Seja ponte.

Deixe seu comentário
Sem comentários cadastrados.

Parceiros

Projeto Nações em Ação Central de Células