logomarca

Pedido de Oração

Downloads

Boletins

Acompanhe-nos

Visitantes


Você é o visitante número 2565 .

 


Dezembro/2017 A colheita

imprimir tamanho da letra: A- normal A+

E semeou Isaque naquela mesma terra, e colheu naquele mesmo ano cem medidas, porque o Senhor o abençoava. Gênesis 26.12

1ª semana - A expectativa da colheita (Gênesis 26.12) Mesmo em tempo de fome, Isaque semeou e colheu 100 vezes mais do que plantou.  A colheita 100 por um, conforme descrita nas Escrituras, impossível aos olhos humanos, tornou-se visível nos campos do filho de Abraão. Crie expectativas a respeito do que você plantou e creia que circunstâncias adversas não podem impedir a colheita. Viver a expectativa da colheita é andar no lado contrário da dúvida e da falta de fé, fatores que nos impedem de agradar a Deus. É importante ainda selecionar as sementes mais uma vez. Não viva de baixo de falsas semeaduras, ou seja, não crie falsas expectativas. Em 2018, iremos colher o que plantamos e neste processo é fundamental não desanimar (Gl 6.9). Você é um semeador! Confie nas promessas de Deus (2 Coríntios 1.20; Romanos 4.3) e lance as redes. Sua pesca será maravilhosa (João 5.4-6; Jó 42.2; Salmo 37.3-4).

Para refletir: O que semeamos é suficiente para esperarmos algo maravilhoso da parte do Senhor? Amor? Gratidão? Honra? Fidelidade com Deus? Estimule expectativas entre os discípulos de sua célula. Imaginem a reação de Isaque diante da colheita e compartilhem em grupo as maravilhas do SENHOR. Uma semente em nossas mãos é apenas uma semente. Já nas mãos do Senhor, ela pode gerar uma colheita abundante.
 
2ª semana - Compartilhe os frutos da colheita (Salmo 40.5) Não existe nada melhor do que a oportunidade de compartilhar as maravilhas do Senhor. Traga à memória tudo o que Ele fez por você e sua casa: sonhos realizados, família restaurada, filhos abençoados, casa própria, faculdade, carro e aquela viagem tão esperada. Enfim! Sua semeadura foi o tempo de espera, jejuns, incessantes orações e de grandes batalhas enfrentadas com a família, amigos e discípulos. Aproveite a colheita! Desfrute o momento para celebrar e compartilhar as alegrias dessa fase maravilhosa. Grandes coisas fez o Senhor por nós! (Salmo 126.3-6) 
 
Para refletir: Chegamos a mais um final de ano, um momento propício para compartilhar a colheita.  Vem aí o Natal, festas, celebrações, comunhão. Aproveite cada instante com as pessoas amadas e compartilhe palavras, sorrisos, abraços.  Até aqui nos ajudou o Senhor (1 Samuel 7.12). 
 
3ª semana - Disposição para colher (Josué 6.16) Grandes desafios resultam em conquistas poderosas, entre elas, a missão de ganharmos a cidade e multiplicarmos as células. A cada objetivo alcançado, novos desafios virão. Não diga não ao Senhor.  A vitória é nossa em o nome do Senhor! (Romanos 8.37) Colher exige sacrifícios, união e perseverança (Neemias 2.18, Salmo 133). Josué é um dos exemplos bíblicos a respeito de prosseguir e incentivar os companheiros. Este deve ser o estilo de vida do cristão. Além de não parar, ser impulso para outros. É pelos frutos que Jesus reconhece o nosso trabalho.
 
Para refletir: O preguiçoso morre desejando, porque as suas mãos recusam trabalhar (Provérbios 21.25). Doze espias subiram para ver a terra prometida e trazer as novidades ao povo (Números 13.27-30). Naqueles dias, todos viram as maravilhas da terra, porém, a maioria sentiu medo do desafio de colher. Ao se depararem com a obrigação de trabalhar para colher foram subjugados pela indisposição e voltaram atrás. Diga em alto e bom som: A Terra é boa! Podemos subir e possuir a promessa! Se formos líderes motivados, teremos discípulos renovados, fortalecidos e dispostos a colher os frutos. 
 
4ª semana - Para desfrutar uma grande colheita Há tempo determinado para todas as coisas! E esse é o tempo da sua colheita. Após um ano de trabalho, chegou o momento de você colher os frutos. Aproveite a semente que você plantou e lembre-se da primeira multiplicação (João 6.12-13). Não desperdice seus frutos. Cuide deles com sabedoria. Honre ao Senhor com as primícias da colheita e os seus celeiros transbordarão (Provérbios 3.9-10). O melhor do Senhor ainda está por vir está por vir.  Se continuarmos a semear, jamais seremos envergonhados (Joel 2.26) e comeremos do melhor desta terra (Isaias 1.19). Que continuemos trabalhando por novas colheitas (Malaquias 3.10). E, não esqueçamos: O que semeia com abundância, com abundância ceifará( 2 Coríntio 9.6).

Para refletir: Faça uma retrospectiva desse ano. Que colheita que pode esperar? O que semeou e semeia hoje? Temos a possibilidade de mudar o nosso futuro com as sementes escolhidas daqui em diante. Afinal, aquilo que vamos colher é exatamente o que semeamos. Boa colheita a todos! Celebre e alegre-se. Os sonhos de Deus jamais vão morrer. Pastor Jeferson Cordeiro
Deixe seu comentário
Sem comentários cadastrados.

Parceiros

Central de Células Projeto Nações em Ação