logomarca

Pedido de Oração

Downloads

Boletins

Acompanhe-nos

Visitantes


Você é o visitante número 1741 .

 


Mas, o que é o Encontro com Deus?

imprimir tamanho da letra: A- normal A+

       O Encontro com Deus já é tradição no Templo das Nações. Em março de 2015, a XXVª edição reuniu mais de 130 pessoas, entre encontristas (participantes) e encontreiros (equipe de trabalho).  Muitas pessoas têm curiosidade a respeito do que ocorre no Encontro e às vezes correm o risco de serem influenciadas por expeculações de pessoas que nunca participaram. Mas, o que é o Encontro com Deus? 

 

O novo de Deus chegou para essa galera. Foto: Gilson Scalabrin

 

        O pastor Pedro Araújo explica que o Encontro com Deus é um retiro de três dias nos quais as pessoas se desligam da rotina para olharem para dentro de si. Segundo o presidente da igreja, para ouvir Deus, é necessário sujeitar a carne ao Espírito e isto só é possível quando as pessoas se  desligam dos problemas, ocupações, distrações e obrigações, pelo menos por um tempo. "Deus fala quando o homem interior se cala. Por isso chamamos este retiro de Encontro com Deus. Não há nada de perigoso ou herético nas ministrações, pelo menos em nossa Igreja", garante o pastor Pedro, líder do Encontro. 

 

     Segundo a pastora Denise Flores Araújo, trabalhar no Encontro é uma grande responsabilidade. "Devemos cuidar para que tudo ocorra de forma espiritual, com temor a Deus", aconselha a pastora à equipe de trabalho. Ela salientou a importância do zelo e da gentileza, tanto nas palavras quanto nas atitudes a fim de que todos sejam edificados. 

 

         É comum que pessoas frustradas com Deus e com a igreja falem mal do Encontro. Isto ocorre com aqueles que não abandonam a prática do pecado e insistem nas  atitudes contrárias à vontade de Deus. "Falam mal, gritam aos quatro ventos que os encontristas recebem 'lavagem cerebral' e insistem em influenciar quem deseja fazer o que é correto. Se o Encontro fosse tão ruim assim, as pessoas não pagariam para trabalhar", destaca a pastora Luisa Neves.

 

       Ao participar do Encontro é importante se desligar da rotina e aproveitar cada ministração a fim de conhecer os planos do Senhor para a vida do indivíduo. Além disso, a Igreja Evangelho para as Nações dispensa um cuidado especial da parte de Deus para cada encontrista: Palavra, descanso, renovo e ensino são alguns dos referenciais deste retiro.

 

             No Templo das Nações todas as pessoas que passam pelo Encontro são convidadas a participarem da próxima edição como encontreiros. Encontreiros são pessoas que se dispõem a servir de todas as formas para que os novos discípulos recebam o amor liberado por Deus nestes dias.  Segundo a organizadora do Encontro, Maria Beatris Rodrigues, a Bia, é comovente ver a disposição da equipe. "Existem pessoas que nos comovem pela alegria em servir, como no caso de um casal que abriu mão de compromissos pessoais para cozinharem no Encontro", conta. 

 

           O lema na XXVª edição do Encontro foi servir. "Como tive problemas de saúde alguns dias antes, a equipe de apoio se dispôs a fazer de tudo para que eu não cansasse", conta Bia. "Muitos irmãos subiram a serra a fim de nos apoiar.  Lavaram pratos, limparam banheiros, organizaram as inscrições para o ônibus, varreram o chão, serviram café e ofereceram lenços quando alguém chorava nas ministrações. Foram meus olhos, pernas e braços", declara emocionada. Para ela, o Templo das Nações vive o tempo de servir, não importa onde, nem como.

 

Porque nosso chamado é servir. Foto: Felipe Castro

 

        Na volta do Encontro, os participantes foram recebidos no culto de Celebração no Templo, onde testemunhos edificaram amigos e familiares dos encontristas que eram 'só sorrisos'. Para o recepcionista Ricardo Agostini, o Encontro foi a oportunidade de Deus limpar o seu coração. "Não estou aqui para dizer que vi coisas sobrenaturais, mas para destacar que o Senhor tirou as águas turvas do meu ser. Isto só aconteceu quando eu permiti o agir d'Ele em mim", testemunha.

 

         A funcionária pública municipal Daiane Dorneles , agradeceu aos seus líderes de célula, Tiago e Jenifer, pelo incentivo a participar do Encontro. "Quando pensava em desistir da igreja, desanimada porque meu marido não me acompanhava, o Senhor me surpreendeu: Tive a alegria de fazer o Encontro com o meu esposo. Muitas coisas coisas se levantaram para eu não ir, mas Deus foi fiel e hoje estou aqui para agradecer", salienta.

 

        "Eu e minha casa serviremos ao Senhor", declara a corretora de imóveis Eridiane Santos diante de mais de 800 pessoas presentes no culto. Para ela, o momento mais bonito do Encontro foi estar com seus familiares na presença de Deus. Já para o acadêmico de Direito, Rogers Ferreira, é imprescindível que todos da igreja passem pelo Encontro. "Fiz o propósito de servir a Deus e Ele me honrou. Devemos permitir que o Senhor nos limpe e o Encontro é a grande oportunidade para que isso aconteça", enfatiza.

 

        O XXVº Encontro com Deus já deixou saudades. Os encontristas devem correr para garantir a vaga no Reencontro que ocorrerá nos dias 18 e 19 de abril. Inscrições e informações na secretaria do Templo.

 

Assessoria de Comunicação do Templo das Nações

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário
Sem comentários cadastrados.

Parceiros

Projeto Nações em Ação Central de Células