logomarca

Pedido de Oração

Downloads

Boletins

Acompanhe-nos

Visitantes


Você é o visitante número 3473 .

 


Por que devo frequentar uma célula?

imprimir tamanho da letra: A- normal A+

      No dia a dia no Templo, muitas pessoas frequentam a igreja nos diversos cultos semanais. Em um universo de mil pessoas, fica difícil aprendermos os nomes, costumes e características de cada um. Cientes de que devemos dar atenção a todos, recomendamos que nossos convidados (pessoas que vêem pela  primeira vez à igreja) procurem frequentar uma célula.

 

Após a consolidação, o líder direciona o novo discípulo para conhecer uma célula

 

   A célula consiste na reunião de  um grupo pequeno em uma residência, na maioria das vezes, na qual são realizadas orações, compartilhamento da Palavra de Deus, ensino e comunhão. De repente você não está acostumado com a expressão célula, mas a conhece por grupo familiar, grupo de crescimento, pequeno grupo, etc. O importante é a essência: formarmos o corpo de Cristo.

 

   No Templo das Nações, cerca de 80 células são distribuídas em Santa Maria, além de Faxinal do Soturno e Cruz Alta. Reconhecemos que não há como cuidar de todos os irmãos  apenas nos cultos. Na verdade, os cultos de celebração são oportunidades de reunirmos a família Templo das Nações em um grande banquete, no qual, em unidade,  celebramos a Deus.

 

   Onde nos conhecemos de perto? Na célula. Onde comemoramos nosso aniversário com os irmãos em Cristo? Na célula. Onde choramos juntos, diante das adversidades? Na célula. Onde compartilhamos o pão (churrascos, doces, chimarrão)? Na célula. Onde somos aconselhados com amor e cuidado? Na célula.

 

     Assim, convidamos você a conhecer e frequentar uma célula perto de sua casa ou no lar de alguém que você tem afinidade. No Templo, temos células para casais, mistas, crianças, adolescentes, jovens, homens, mulheres e, em breve, por grupos de afinidade. Não fique de fora! Aguardamos você! 

 

No amor de Cristo!

Pra. Luisa Neves

 

     

Deixe seu comentário
Sem comentários cadastrados.

Parceiros

Projeto Nações em Ação Central de Células